Blog oficial da Universidade Sénior de Oliveira do Bairro

24
Nov 14

Ingredientes para 4 pessoas:

- 3 Postas de bacalhau;

- ½ Pimento vermelho, 1 curgete, 1 cenoura, 1 alho francês, 1 malagueta, coentros;

- 1 Cebola, 3 dentes de alho;

- 4 Punhados de risoto;

- Queijo parmesão q.b.;

- Azeite, sal, pimenta grão, louro, alecrim, vaqueiro.

Confeção: Corte e limpe de espinhas a parte do lombo do bacalhau em nacos, tempere com pimenta e reserve. Corte a curgete com casca, o pimento e a cenoura em cubos pequenos e reserve separadamente.

Num tacho coloque as aparas que retirou do bacalhau, uma folha de alho francês, um dente de alho esmagado, uma folha de louro, um pouco de cebola, um fio de azeite, a malagueta sem sementes. Coloque a água necessária para fazer o caldo para cozer o risoto. Leve ao lume e deixe ferver.

Entretanto noutro tacho, coloque um pouco de cebola picada e um fio de azeite e deixe refogar. Acrescente o arroz mexa bem a junte um pouco de caldo. Vá cozendo o risoto mexendo sempre e acrescentando o caldo à medida que vai cozinhando. Acrescente a cenoura. A curgete junte só a 2m minutos do final da cozedura do risoto. Junte uma colher de sobremesa de vaqueiro e queijo parmesão a gosto. Mexa bem retire do lume e adicione o pimento em cubos.

Numa frigideira anti aderente, coloque um fio de azeite, o ramo de alecrim, dois dentes de alho com casca e frite o bacalhau com a pele virada pra baixo. Absorva o azeite com papel absorvente e sirva com o risoto salpicado de coentros. Bom apetite!

 

20141120_100433.jpg

 Muito se Trabalha

publicado por unisob às 16:05

A UNISOB em parceria com o Centro de Saúde de Oliveira do Bairro proporcionou aos seus alunos um rastreio oral gratuito, chamado sorrisos seniores, que decorreu nos dias 19 e 20 do corrente mês.

Este rastreio contou com a participação do médico dentista Dr. Frias Bulhosa do ACES Baixo Vouga e Membro do Conselho Deontológico e de disciplina da Ordem dos Médicos Dentistas, e da Higienista Oral do ACES Baixo Vouga, que foram muito atenciosos com os alunos, fazendo um diagnóstico da sua saúde oral, alertando para a higiene oral.

Este rastreio teve como objectivo a deteção de problemas do foro de saúde oral nos séniores, tendo em vista o aconselhamento e tratamento.

O simples acto de observar um doente ainda que sem intervenção em boca, constitui por si só um acto de medicina dentária, e que foi bem aproveitado pelos nossos alunos.

Um bem-haja pelo profissionalismo e dedicação destes profissionais.

DSCN2326.JPG

 O paciente!!!!

 

publicado por unisob às 11:11

Novembro 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
12
13
15

16
18
19
20
22

23
25
26
28
29

30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
Contador
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO