Blog oficial da Universidade Sénior de Oliveira do Bairro

02
Abr 14

Sopa do vidreiro

Receita para 1 pessoa:
- 1 Posta de bacalhau
- 200 gr de batatas
- 1 Ovo
- 1 Pão duro
- 1/4 de broa
- 1 Dente de alho
- 2 Colheres de sopa de azeite.
Modo de preparação
Coze-se o bacalhau e retira-se do tacho.
Reserva-se a água de cozer o bacalhau e nessa mesma água cozem-se as batatas cortadas às rodelas grossas. Quando as batatas estiverem a ficar cozidas colocam-se os ovos e deixam-se escalfar.
Parte-se o pão, a broa e o alho aos pedaços e rega-se com azeite a gosto. Acrescentam-se as batatas, o bacalhau aos pedaços e o ovo inteiro ou moído conforme o gosto.
Bom apetite!

 

Resultado Final!!!

 

Breve história da sopa do vidreiro

O vidreiro era um homem que trabalhava arduamente à boca do forno suportando altas temperaturas, a carregar grandes pesos e por isso precisava de uma sopa forte, rica em calorias e nutrientes.

O bacalhau e o ovo dão à sopa a sua riqueza em proteínas de alto valor biológico. As proteínas eram de elevada importância na alimentação do vidreiro, já que são elas as responsáveis pela proteção do nosso organismo a agentes infeciosos.
Como sabemos, devido a más condições do trabalho, os vidreiros estavam sujeitos a doenças respiratórias, como a tuberculose. O bacalhau era também um importante dador de sódio. Este mineral era perdido em grandes quantidades pelo
suor e, por isso, tornava-se extremamente necessária a sua reposição.
Naquele tempo, o bacalhau era o peixe de eleição mas só pela sua riqueza nutricional, pelo seu baixo preço, o que facilitava uma boa refeição com poucos custos.
Nesta sopa, o pão, a broa e as batatas constituíam as principais fontes de hidratos de carbono da refeição. Eram estes que permitiam aos trabalhadores terem a energia inesgotável e necessária para realizarem tarefas pesadas durante longas horas. Estes alimentos faziam também desta sopa uma refeição rica em fibras.
O azeite era a principal fonte de gordura utilizada nesta receita. Designado na antiguidade como "olho líquido" era este que conferia à sopa uma textura sedosa e um sabor inigualável.
Ainda hoje, a sopa do vidreiro pode constituir uma boa refeição, não só para os vidreiros mas, também, para toda a população que, como eles, precisa de uma sopa
rica em nutrientes e calorias.
Naturalmente que este era o prato mais adequado para "bem alimentar" os nossos vidreiros!

publicado por unisob às 10:30

Abril 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11

15
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Contador
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO